DÍLI, 27 de fevereiro de 2020 (TATOLI) – A conciliação obrigatória entre Timor-Leste e a Austrália para resolver a delimitação das fronteiras marítimas, considerada um exemplo, foi um dos temas debatidos no seminário do Fórum Regional da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), em Díli.

“De todas as experiências regionais sobre a resolução de disputas fronteiriças, o processo de conciliação do estabelecimento das linhas permanentes das fronteiras marítimas entre Timor-Leste e a Austrália foi considerado, no seminário do Fórum da ASEAN, um exemplo da região”, refere o comunicado de imprensa a que a Tatoli teve acesso no Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação (MNEC).

Segundo o comunicado, Timor-Leste e a Austrália foram os primeiros países que se empenharam na conciliação para resolver a delimitação das fronteiras marítimas, assinada a 30 de agosto de 2019.

A nota explica ainda que este colóquio do Fórum Regional da ASEAN constitui uma ação de consulta regional, envolvendo 27 países no sentido de elaborar ideias acerca de assuntos de segurança na região do sudeste asiático.

Recorde-se que os países membros do Fórum Regional da ASEAN são a Austrália, Bangladesh, Brunei, Camboja, Canadá, União Europeia, Índia, Indonésia, Japão, Laos, Malásia, Mongólia, Myanmar, Nova Zelândia, Paquistão, Papua Nova Guiné, Filipinas, Rússia, Singapura, Coreia do Sul, Sri Lanka, Tailândia, Estados Unidos da América, Vietname e Timor-Leste.

Jornista: Hortencio Sanchez
Editór : Agapito dos Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here