DÍLI, 05 de março de 2020 (TATOLI) – O Governo de Timor-Leste, a União Europeia (UE) e a Organização das Nações Unidas (ONU) lançaram hoje o programa Iniciativa Spotlight com o objetivo de combater todas as formas de violência contra as mulheres e jovens adolescentes.

A Secretária de Estado para a Igualdade e Inclusão Social (SEII), Maria José da Fonseca Monteiro de Jesus, disse que a sua secretaria dispõe de um programa nacional que incide sobre a violência de género, cujo objetivo é erradicar todas as formas de discriminação contra as mulheres e jovens adolescentes.

“Elogiamos o programa Iniciativa Spotlight que está alinhado com o compromisso do Governo na promoção e proteção da dignidade e direito das mulheres. O Executivo dá prioridade à prevenção, proteção e prestação de serviços, com vista a assegurar o empoderamento das mulheres em todos os aspetos da sociedade”, referiu a Secretária de Estado, no Hotel Timor, em Díli.

Segundo Maria José da Fonseca, o lançamento do programa ajudará Timor-Leste a atingir o seu objetivo final, que passa por garantir a todas as pessoas, em particular às mulheres e jovens adolescentes, o direito a sua liberdade.

De acordo com o inquérito demográfico e de saúde realizado em 2016, em todo o território, 48.4% das mulheres foram vítimas de violência doméstica em vários municípios.

A Secretária de Estado afirmou ainda que o estudo mostra que a idade das mulheres que sofreram atos de violência sexual oscila entre os 15 e os 49 anos.

O Coordenador da ONU em Timor-Leste, Roy Trivedy, afirmou que a violência de género que afeta sobretudo as mulheres e jovens adolescentes constitui um dos abusos de direitos humanos.

“Em Timor-Leste, as Nações Unidas têm cooperado com diferentes personalidades e instituições, incluindo o Governo, para proceder à mudança de hábitos e práticas”, disse.

Roy Trivedy destacou ainda a importância do programa Iniciativa Spotlight para alcançar a igualdade de género, numa parceria que envolve cinco agências das Nações Unidas, no sentido de alcançar as metas globais até 2030.

Também o Embaixador da União Europeia em Timor-Leste, Andrew Jacobs, afirmou que o programa envolverá inúmeras pessoas, sobretudo homens e jovens.

“Uma sociedade está livre de qualquer violência de género significa que as pessoas gozam dos seus plenos direitos e oportunidades”, afirmou.

O lançamento do programa marca o início da sua primeira fase, que será implementada nos municípios de Bobonaro, Ermera e Viqueque.

O investimento do programa Iniciativa Spotlight em Timor-Leste com a duração de três anos é de 15 milhões de dólares, sendo liderado pela ONU Mulheres, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Jornalista : Nelia Fernandes

Editora : Maria Auxiliadora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here