DÍLI, 06 de abril de 2020 (TATOLI) – A nova coligação governativa, liderada por Xanana Gusmão, apoia o atual Governo de Taur Matan Ruak no combate à pandemia do novo coronavírus, um compromisso que surge na sequência de um encontro realizado ontem, na residência do líder carismático timorense, em Lecidere.

“Apoiamos incondicionalmente a atual governação no sentido de combater de forma adequada o surto do Covid-19”, disse o porta-voz da nova aliança de maioria parlamentar, António da Conceição “Kalohan”, aos jornalistas, no Parlamento timorense, hoje.

Kalohan salientou ainda que a reunião que teve lugar ontem visou a troca de ideias entre os participantes que integram os seis partidos que compõem a nova aliança acerca do apoio a conceder ao Governo no que diz respeito às medidas de contenção da pandemia do Covid-19.

“O assunto principal de que falámos na reunião foi o combate ao surto do novo coronavírus. Falou-se na importância de se promover a participação do povo na aplicação de medidas de prevenção do Covid-19. Não dependemos somente do Governo para que as medidas preventivas sejam todas aplicadas. Necessitamos igualmente do contributo de todos”, disse.

A nova coligação mostrou-se também preocupada com os cerca de 1.800 estudantes bolseiros timorenses que estudam atualmente no estrangeiro, nomeadamente em Portugal, Tailândia e nas Filipinas.

Kalohan destacou ainda o facto de a Indonésia e as Filipinas registarem uma subida relativamente ao número de pessoas infetadas com o Covid-19, facto que levou o Governo a envidar todos os esforços na tentativa de travar uma eventual propagação da epidemia em Timor-Leste, com destaque para a implementação do estado de emergência decretado pelo Presidente da República, Francisco Guterres Lú Olo, no passado dia 28 de março.

O porta-voz referiu também que os estudantes que se encontram a estudar no exterior necessitam de receber apoio para se poderem proteger na medida em que não regressarão tão cedo a Timor-Leste.

“A coligação não se importa com as críticas que se ouvem. A nova aliança está focada em dar o seu contributo ao atual Governo para combater o Covid-19”, afirmou.

Kalohan rejeitou, entretanto, informações veiculadas por vários órgãos de comunicação social sobre a moção de censura, o pedido de demissão dos membros do Governo por parte do CNRT e Khunto e ainda uma ação de protesto junto do Chefe de Estado.

“O importante é que a nação siga em frente. Não usamos qualquer artimanha para prejudicar quem quer que seja. Temos regras a cumprir segundo a nossa Constituição. As ações de manifestação surgem durante o tempo da guerra, pelo que precisamos, neste momento, de promover o diálogo e respeitar a Constituição”, concluiu.

Jornalista : Evaristo Soares Martins
Editór : Câncio Ximenes

1 COMENTÁRIO

  1. A Saude do Povo è uma prioridade Solidària de todos.
    O Leader Politico è nestas alturas que sobressai. Excelente decisão.

    Que DEUS proteja o Povo Timorense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here