DÍLI, 16 de junho de 2020 (TATOLI) – As bancadas da Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (Fretilin) e do Congresso Nacional de Reconstrução Timorense (CNRT) apresentarão, na próxima segunda-feira, no Parlamento Nacional (PN), uma proposta para retirar 500 mil dólares do Fundo Covid-19.

Segundo Maria Angélica, o PN ainda não executou os 500 mil dólares destinados à fiscalização do Fundo Covid-19 durante a vigência do estado de emergência, pelo que entende que se deve retirar o montante em causa.

“Vamos propor que sejam eliminados os 500 mil dólares atribuídos ao Fundo Covid-19 para serem devolvidos aos cofres do Estado. É retirada esta verba para ir diretamente para a caixa do tesouro e não para o Parlamento Nacional”, referiu a deputada Maria Angélica Rangel, aos jornalistas, no Parlamento Nacional.

A deputada da Fretilin revelou ainda que as atividades relativas à fiscalização são realizadas  à custa do orçamento em regime duodecimal previsto em cada mês.

“A proposta de alteração será apresentada na próxima segunda-feira”, disse.

Também o Chefe da Bancada do CNRT, Duarte Nunes, referiu que pretende fazer uma proposta de alteração que visa retirar 500 mil dólares afetos ao Fundo Covid-19.

“No seio da bancada do CNRT, foi feita uma coordenação conjunta para propor a eliminação da verba”, afirmou.

Recorde-se que o Parlamento Nacional autorizou o Governo para efetuar o levantamento de 250 milhões de dólares do Fundo Petrolífero, dos quais 100 milhões se destinam a reforçar o tesouro e 150 milhões para o Fundo Covid-19.

Jornalista : Domingos da Piedade Freitas

Editor : Zezito Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here