UNICEF oferece a Timor-Leste mais de 100 mil EPI para centros de saúde. Imagem/António Gonçalves.

DÍLI, 25 de agosto de 2020 (TATOLI) – O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF, em inglês) em Timor-Leste concedeu hoje ao Ministério da Saúde (MS) mais de 100 mil equipamentos de proteção individual (EPI) para serem posteriormente distribuídos pelos profissionais de mais de 70 centros de saúde de todo o território.

A Representante da UNICEF em Timor-Leste, Valérie Taton, disse ser fundamental entregar os EPI ao MS no combate ao novo coronavírus, acrescentando que o equipamento vai garantir a segurança dos profissionais nos cuidados de saúde e afastar qualquer risco de contágio, quer para si quer  para as crianças e familiares.

“Os equipamentos vão ajudar as equipas médicas a efetuar os testes regulares às comunidades”, disse Valérie Taton, na cerimónia de entrega do EPI, no edifício do Serviço Autónomo de Medicamentos e Equipamentos de Saúde (SAMES), em Kampung Alor, Díli.

Entres os EPI disponibilizados pela UNICEF a Timor-Leste encontram-se máscaras cirúrgicas, máscaras N95, viseiras, óculos de segurança, luvas cirúrgicas e roupas de proteção.

A responsável da UNICEF lembrou ainda que, desde o surgimento da covid-19 no país, a organização internacional mantém o seu apoio ao MS com a entrega de material médico, destacando-se camas para pacientes, mais de 400 aparelhos de medição de temperatura corporal e dois contentores com equipamentos destinados aos centros de isolamento de Vera Cruz e junto à fronteira de Suai.

Na ocasião, Valérie Taton agradeceu também ao Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD), Aliança de Vacina (GAVI), União Europeia e ao Comité Nacional da Austrália da UNICEF o financiamento na aquisição dos equipamentos.

“Queria relembrar a todos nós para continuarmos a cumprir as medidas de prevenção da covid-19. Devemos estar atentos pelo facto de a covid-19  constituir ainda uma ameaça para o mundo inteiro, pois infeta aproximadamente um milhão de pessoas por dia”, avisou.

A representante da UNICEF salientou ainda que esta organização mantém o apoio ao Governo de Timor-Leste na prevenção do novo coronavírus.

Já o Representante do BAD, José Pereira, disse que o orçamento para a aquisição de equipamentos de proteção individual é proveniente do fundo do apoio técnico da covid-19 do BAD.

“Todos os países enfrentam as mesmas dificuldades, pelo que temos de competir para obter este fundo. Graças ao esforço do BAD de Manila e de Timor-Leste, conseguimos este fundo de 1,3 milhões de dólares americanos através da UNICEF”, adiantou.

Recorde-se que Timor-Leste regista atualmente uma infeção por covid-19, subindo para 26 o número total de casos do novo coronavírus no país.

Jornalista: Maria Auxiliadora

Editor: Zezito Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here