DÍLI, 23 de outubro de 2020 (TATOLI)- O Chefe do Departamento de Saúde da Cruz Vermelha, em Timor-Leste (CVTL), João Pinto Soares, disse que os 32 voluntários que trabalham para a CVTL prestam apoio ao Ministério da Saúde com o objetivo de promover várias ações de sensibilização, destinadas a mais de 60 mil agregados familiares em Díli, sobre a prevenção do dengue.

“Os 32 voluntários da Cruz Vermelha têm trabalhado sempre juntamente com o Ministério da Saúde, que possui já um plano que prevê a ida destes jovens voluntários às residências das famílias para lhes transmitir informações acerca do dengue, incluindo da covid-19”, disse João Pinto Soares, no seu local de trabalho, esta sexta-feira.

Segundo João Pinto Soares, a promoção de ações de divulgação de informação junto da população sobre o dengue é de extrema importância na medida em que contribui para a realização de ações de limpeza geral, proporcionando um ambiente saudável e seguro.

“Estas ações de divulgação de informação bem como de sensibilização junto da comunidade devem manter-se para evitar o seu esquecimento. Por isso, os voluntários da CVTL juntamente com o Ministério da Saúde vão continuar a realizar esta campanha de modo a que a população possa tomar medidas preventivas da dengue antes da chegada da época das chuvas”, adiantou.

O Chefe da CVTL acrescentou que as ações levadas a cabo pela instituição visam  convencer a comunidade para a importância da limpeza dos seus bairros e das suas residências antes da vinda da época da chuva.

Jornalista: Felicidade Ximenes

Editor: Agapito dos Santos        

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here