Arcebispo Metropolitano de Díli, Dom Virgílio do Carmo da Silva. Imagem da Tatoli/Egas Cristovão.

DÍLI, 30 de dezembro de 2020 (TATOLI) – O Arcebispo Metropolitano de Díli, Dom Virgílio do Carmo da Silva, revelou hoje que a Conferência Episcopal Timorense (CET) decidiu que os fiéis terão de acompanhar em casa, através de televisão ou rádio, as celebrações litúrgicas do Ano Novo, a 31 de dezembro e 01 de janeiro.

Dom Virgílio disse que a decisão se deve ao surto do novo coronavírus no país. “Peço aos padres que leiam e divulguem o Decreto Papal relativo à covid-19”, disse o sacerdote, numa conferência de imprensa, em Lecidere, Díli.

Segundo o arcebispo, com base no decreto, os bispos decidiram que todas as celebrações litúrgicas entre 31 de dezembro e 01 de janeiro não terão a participação dos fiéis.

Os cristãos poderão assistir às celebrações em casa, aquando da transmissão da missa na rádio e televisão, às 20h e 8h00. Deste modo, “não receberão a comunhão eucarística, mas espiritual”.

O Arcebispo de Díli recordou ainda que normalmente a missa sem comunhão não está completa, mas, devido à atual situação, um tempo de calamidade pública e mundial, a Igreja dispensa os cristãos da comunhão e convida-os a uma comunhão espiritual.

“Para evitar o perigo de contágio, foi pedido aos padres que seguissem rigorosamente as orientações e decisões do Papa e da CET”, afirmou.

Dom Virgílio disse ainda que os conventos, seminaristas e as comunidades religiosas podem efetuar a celebração, “apenas entre os seus membros”.

De acordo com o arcebispo, as orientações vigoram desde a data de publicação, quarta-feira, 30 de dezembro, até surgirem novas.

“Fazemos o que podemos no momento atual e o que não podemos deixamos nas mãos de Deus. Peço a cada cidadão responsabilidade em relação à vida das pessoas”, concluiu.

Recorde-se que a Igreja Católica em Timor-Leste pediu, em março deste ano, aos cristãos que acompanhassem as celebrações de Páscoa através da televisão e da rádio devido ao surgimento do novo coronavírus no país.

Timor-Leste reporta até ao momento 44 casos do novo coronavírus, entre eles 13 infeções ativas, tendo já 31 doentes recuperado.

Jornalista: Nelia Fernandes

Editora: Maria Auxiliadora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here