Coordenadora-Geral da Comissão Executiva da Saúde do Surto de Covid-19, Odete Viegas. Imagem da Tatoli/Egas Cristovão.

DÍLI, 25 de janeiro de 2021 (TATOLI) – A Coordenadora-Geral da Comissão Executiva de Saúde do Surto de Covid-19, Odete Viegas, disse que o Ministério da Saúde ainda não possui nenhuma calendarização definida para efetuar uma testagem em massa do novo coronavírus.

“Ainda não determinámos o calendário que assegurará a realização dos testes em massa, porque há imenso trabalho com o programa de vacinação. A equipa precisa de elaborar a proposta, porque este plano tem de ser apresentado em Conselho de Ministros. Temos, por isso, de cancelar os testes em massa à nossa comunidade e às equipas da linha da frente”, afirmou Odete Viegas, em Díli.

Odete Viegas lembrou ainda que o objetivo dos testes em massa é “apurar se existe a possibilidade de ocorrer uma eventual propagação do vírus ou não”.

“Procuramos os locais onde há ajuntamento de pessoas, mas não iremos divulgar os referidos nomes dos locais para que todos as pessoas sejam sujeitas aos testes. Além disso, pretende-se efetuar outros testes que não à covid-19, destinados a doentes com tuberculose, pessoas que sofrem de tensão arterial ou de diabetes. Por isso, a equipa está ainda a planear”, afirmou.

Recorde-se que o MS pretendeu, a 25 de janeiro deste ano, levar a cabo uma testagem em massa do novo coronavírus em diferentes locais públicos de Díli, mas viria a cancelá-la.

“Os testes em massa deverão arrancar a 25 deste mês em locais públicos determinados”, afirmou recentemente Odete Viegas, no Palácio das Cinzas, em Caicoli, Díli.

Notícia relevante: MS inicia testagem em massa a 25 de janeiro em Díli

Jornalista: Nelia Fernandes

Editora: Maria Auxiliadora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here