DÍLI, 25 de fevereiro de 20201 (TATOLI) – O Presidente do Conselho dos Veteranos da Libertação Nacional (CCLN), Vidal de Jesus “Riak Leman”, disse hoje que o conselho continua a aguardar a verba de 300 mil dólares americanos para a reabilitação do novo edifício da Arte Moris, em Comoro.

Em face desta situação, o CCLN decidiu pedir ao Governo que transferisse o respetivo orçamento para a conta bancária do conselho a fim de poder arrancar com os vários projetos em mão.

Segundo Riak Leman, a necessidade de efetuar obras de reabilitação do novo edifício da Arte Moris deve-se ao facto de o conselho não possuir até agora um espaço próprio para realizar as suas tarefas no dia a dia.

“O CCLN ainda está a aguardar o orçamento do Ministério dos Assuntos de Combatentes de Libertação Nacional (MACLM). Contudo, até agora, o conselho não recebeu ainda a verba para arrancar com as obras de reabilitação do novo edifício do conselho”, disse Riak Leman, em declarações aos jornalistas, após o encontro com o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, no Palácio do Governo.

Já o Ministro dos Assuntos dos Combatentes da Libertação Nacional (MACLM), Júlio Sarmento da Costa “Meta Malik”, disse que o seu ministério ainda não procedeu à execução do orçamento de 2021 para pôr em marcha os diversos programas, incluindo a alocação de verbas ao CCLN.

“O orçamento destinado à reabilitação do novo edifício da Arte Moris está previsto para este ano, pelo que, quando o orçamento de 2021 estiver disponível, serão de imediato alocados os 300 mil dólares americanos ao CCLN”, concluiu.

Jornalista: Domingos Piedade Freitas

Editor: Zezito Silva

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here