A bandeira da Austrália e Timor-Leste. Foto: The Conservation

DÍLI, 27 de maio de 2021 (TATOLI) – A Embaixada da Austrália em Díli ajudará Timor-Leste a melhorar o sistema de gestão das fronteiras e controlo migratório.

O ViceMinistro do Ministério do Interior (MI), António Armindo e a Primeira Secretária para os Assunto Internos australianos, Wanda Sendzimir, discutiram este assunto, principalmente o fortalecimento do mecanismo de serviço migratório através de um sistema de informação, para garantir a gestão das fronteiras de forma mais adequada nos postos de migração que foram instalados em todo o território nacional.

“Discutimos sobre como melhorar o sistema de atendimento que será estabelecido no próximo mês, incluindo o projeto do sistema de informação de gestão das fronteiras, financiado pelo Governo da Austrália”, disse Wanda Sendzimir, através do comunicado a que a Agência Tatoli teve acesso esta quinta˗feira.

Segundo o comunicado, com o sistema de gestão moderno, é possível aperfeiçoar o sistema de gestão das fronteiras e o controlo migratório.

Este esforço para melhorar é importante, pois o serviço migratório é o principal responsável pela gestão da circulação de pessoas.

Além disso, a Organização Internacional para as Migrações (OIM) também já se tinha comprometido a apoiar com equipamento de gestão das fronteiras, nomeadamente com um sistema de informação e análise de dados dos serviços de migração (MIDAS, em inglês), que permite a monitorização eletrónica dos passageiros que entram e saem do país pelos postos integrados da migração.

Jornalistaː Nelson de Sousa/Tradutora: Nelia Fernandes

Editorː Cipriano Colo       

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here