Ilha de Ataúro. Imagem/google map.

DÍLI, 18 de junho de 2021 (TATOLI) – O Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, orientou hoje os dirigentes da Eletricidade de Timor-Leste, Empresa Pública (EDTL, E.P) e da Bee Timor-Leste (BTL, E.P) para resolverem os problemas das infraestruturas básicas da população do Posto Administrativo de Ataúro, no Município de Díli.

“Recebi orientações do primeiro-ministro para observar as condições do fornecimento de água no Posto Administrativo de Ataúro. Se tudo correr como planeado, o Posto Administrativo de Ataúro será, no próximo ano, um novo município”, disse o Presidente da BTL, E.P, Carlos dos Reis Peloi, após o encontro com o Chefe do Governo, no Farol, em Díli.

O responsável salientou ainda que a BTL, E.P recebeu uma proposta dos líderes comunitários da aldeia Waruana, no suco de Akrema, no Posto Administrativo de Ataúro para resolver o sistema da canalização da água potável.

“A BTL, E.P realizará, este ano, um estudo detalhado do sistema de água potável em Ataúro, lançando, assim, um projeto de construção de canalização de água potável”, concluiu.

Também o Presidente da EDTL, E.P, Paulo da Silva, disse que esta empresa promoverá, este ano, o projeto de eletrificação em três sucos no Posto Administrativo de Ataúro: Makili, Makadade e Maumeta Villa.

O responsável afirmou ainda que o Chefe do Governo pediu um plano para a ilha de Ataúro.

A comunidade da ilha de Ataúro, até agora, tem utilizado eletricidade apenas durante cinco horas por noite, porque falta combustível para o gerador fornecer eletricidade durante 24 horas.

“A EDTL, E.P já incluiu esta questão no plano do próximo ano. Assim, procederá à intervenção e procurará opções com o objetivo de produzir energia elétrica durante 24 horas”, concluiu.

Notícia relevante: Parlamento Nacional aprova proposta de lei da divisão administrativa do território na final global

Jornalista: Domingos Piedade Freitas

Editora: Maria Auxiliadora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here