Ministra da Saúde, Odete Belo. Imagem Tatoli /Egas Cristovão.

DÍLI, 21 de junho de 2021 (TATOLI) – A Vice-Presidente da Comissão Interministerial para a Elaboração e Coordenação da Execução do Plano de Vacinação contra a Covid-19 e Ministra da Saúde, Odete Belo, adiantou que mais de 48,8% da população já recebeu a primeira dose da vacina contra a covid-19 em todo o território nacional.

“Recebemos um total de 295 mil doses, da vacina da AstraZeneca – oferecida pelo mecanismo COVAX e pela Austrália – e da vacina da Sinovac [vinda da China]. Já vacinámos 48,8% da população. Mais de 13% das pessoas foram inoculadas com a segunda dose. Este número ainda é baixo”, afirmou a governante, à margem da reunião de avaliação e revisão entre a equipa da Comissão Interministerial para a Elaboração e Coordenação da Execução do Plano de Vacinação contra a COVID-19, em Caicoli, Díli.

A ministra referiu também a necessidade de atualizar os avanços das atividades da campanha de vacinação no país.

 “Continuamos a atualizar as informações sobre a vacinação, sobretudo o número de pessoas vacinadas, a distribuição equilibrada da vacina por toda a população e as dificuldades que enfrentamos durante o período da campanha”, acrescentou.

A ministra destacou ainda a importância de trabalhar em parceria com os líderes comunitários para apoiar o Ministério da Saúde na mobilização da população para receber a vacina nos centros e postos de imunização.

“Estes são os desafios. De acordo com a instrução, queremos efetuar um projeto-piloto em Ataúro, onde pretendemos cobrir sete mil alvos. Será que poderemos executar este projeto em dois dias, com os recursos humanos que temos? Se conseguirmos administrar a vacina a sete mil pessoas em dois dias, precisamos de aumentar os recursos para implementar também em outros postos”, referiu.

MS prevê 16 milhões de dólares americanos para aquisição de mais vacinas e serviços operacionais

A Ministra da Saúde, Odete Belo, avançou que o ministério prevê 16 milhões de dólares americanos para a aquisição de mais vacinas e serviços operacionais.

“Alocámos 13 milhões de dólares para a aquisição de mais vacinas. Pretendemos alocar o restante a serviços operacionais”, disse.

A governante acrescentou que a comissão convidou o Grupo Nacional de Assessoria Técnica para a Imunização (NITAG, em inglês) para analisar qual a vacina a adquirir apropriada para crianças e jovens com menos de 18 anos.

Notícia relevante: Número de habitantes vacinados em Díli sobe para 45%

Jornalista: Isaura Lemos de Deus

Editora: Maria Auxiliadora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here