DÍLI, 23 de junho de 2021 (TATOLI) – A organização CASA VIDA Timor-Leste (TL) ajudou, desde 2008, mais de 300 crianças e mulheres vítimas de abuso sexual.

A CASA VIDA é uma casa de apoio e tem como missão dar assistência especial às raparigas até aos 18 anos. Os casos das vítimas de violência sexual são encaminhados para o Ministério da Solidariedade Social e Inclusão e para outras entidades.

O programa de formação da CASA VIDA visa ajudar as meninas que vivem em situações de crise para se tornarem saudáveis, felizes e educadas com qualidade.

“Desde 2008, a CASA VIDA recebeu já mais de 300 crianças e mulheres que sofreram de abuso ou foram quase abusadas. Esta casa é segura, mas está apenas sediada em Díli. Além disso, recebe vítimas de todos os municípios, incluindo de Oecusse”, disse hoje a Diretora da CASA VIDA, Zipora Cabeças, aos jornalistas da TATOLI, em Bidau.

A diretora explicou também que, na CASA VIDA, as crianças encontram amor, carinho e conselhos e têm consultas materno-infantis. Disponibiliza também formação de neonatologia, dá oportunidades a essas vítimas para frequentarem a escola até à universidade e oferece formação profissional para a procura de emprego.

A Coordenadora de Serviços Sociais da CASA VIDA, Alzira Pereira, disse, por sua vez, que a instituição está atualmente a ajudar 46 vítimas.

“Das 46, 10 estão grávidas e outras estão a amamentar. Por isso, devemos continuar a dar-lhes mais atenção, enquanto esperam pelo processo legal”, concluiu.

Jornalista: Jesuína Xavier

Editor: Zezito Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here