A Bandeira da China. Imagen: Público

DÍLI, 22 de julho de 2021 (TATOLI) – O Governo timorense manifestou solidariedade às vítimas das inundações provocadas pelas chuvas torrenciais dos últimos dias que atingiram a região do centro da China. 

“Manifestámos solidariedade para com o Governo e o Povo da República Popular da China, que enfrentam os efeitos desta catástrofe e deste momento difícil. Os nossos pensamentos estão com as vítimas e as suas famílias e louvamos aqueles que continuam determinados na busca de sobreviventes”, diz o comunicado do Governo a que a Tatoli teve hoje acesso.

O documento lembra que morreram cerca de 25 pessoas e sete estão desaparecidas na capital Zhengzhou, situada a cerca de 700 quilómetros a sudoeste de Pequim, e  regista-se mais de um milhão de afetados pelas enchentes, com cerca de 200 mil pessoas a serem transportadas para centros de desalojados.

“A chuva torrencial inundou o sistema do metro da cidade, destruiu estradas, veículos e casas e há hospitais alagados e sem eletricidade”, concluiu.

Segundo as autoridades chinesas, as chuvas que caíram foram classificadas como as mais intensas dos últimos 60 anos.

De acordo com a agência noticiosa oficial Xinhua, 617,1 mm de chuva caíram durante três dias, começando na noite de sábado, aproximando-se da precipitação média anual da cidade, que é de de 640 mm.

Notícia relevante: Governo timorense manifesta solidariedade com vítimas de inundações na Alemanha e Bélgica

Jornalista: Isaura Lemos de Deus

Editora: Maria Auxiliadora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here