Imagem da Tatoli/Francisco Sony

DÍLI, 23 de junho de 2021 (TATOLI) – O Ministério do Ensino Superior, Ciência e Cultura (MESCC) e o Ministério das Finanças assinaram uma nota de entendimento com as três operadoras de telecomunicações em Timor-Leste – Timor Telecom, Telkomcel e Telemor – para fornecimento de crédito de internet.

O objetivo do acordo é dar saldo aos estudantes das universidades de todo o território para as aulas a distância.

“Assinámos um acordo com as três operadoras de telecomunicações para apoio a 18 universidades acreditadas e registadas no ministério”, afirmou o Diretor-Geral da Administração das Finanças Públicas do MESCC, Hernâni da Costa Soares, à TATOLI, depois da cerimónia de assinatura.

Segundo o diretor-geral, estão registados mais de 70 mil universitários, mas o ministério recebeu apenas os contactos de 38 mil estudantes de 17 universidades. Apesar de aguardar outros contactos, o MESCC dará início à distribuição de saldo de internet.

O diretor recordou que, além deste saldo para os alunos, o Governo aloca mensalmente 1.500 dólares americanos por universidade para acesso a internet.

“Os universitários e docentes estão sem atividades letivas e, por isso, o ministério tomou esta iniciativa. Há duas conexões de internet: uma para as instituições universitárias e outra para os estudantes. Recebem 10 dólares por mês, 5 dólares de 15 em 15 dias”, afirmou à TATOLI, ontem, o Diretor do Sistema de Informação da Timor Telecom, Ladislau Saldanha, depois da assinatura do memorando.

O responsável disse que a Timor Telecom vai procurar garantir internet nas áreas de cobertura mais difíceis, apesar do elevado número de clientes devido à pandemia.

Jornalista: Jesuína Xavier

Editor: Zezito Silva

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here