Coordenador do GASC-GPM, Filipe da Costa. Imagem Tatoli/Francisco Sony.

DÍLI, 26 de julho de 2021 (TATOLI) – O Gabinete de Apoio à Sociedade Civil do Gabinete do Primeiro-Ministro (GASC-GPM) e a Organização Não-Governamental (ONG) Oxfam Internacional em Timor-Leste trabalharão em conjunto para melhorarem questões ligadas à sociedade civil timorense.

O Coordenador do GASC-GPM, Filipe da Costa, encontrou-se, por isso, com o Diretor da ONG Oxfam em Timor-Leste, Fausto Belo Ximenes, para partilhar informações sobre as tarefas de cada uma das entidades.

O Coordenador do GASC-GPM disse que foram apresentados na reunião os pilares estratégicos para o reforço institucional e do movimento “sociedade haksolok” (“sociedade feliz”), que constitui um guia e contribui para os programas do Governo e para o alcance dos objetivos do Estado.

“O GASC está pronto a trabalhar em cooperação com a Oxfam para melhorarem os assuntos ligados à sociedade civil”, garante o responsável, na nota de imprensa a que a Tatoli teve acesso, na segunda-feira.

Já o Diretor da Oxfam, Fausto Ximenes, disse que a organização se centra nas áreas de economia, justiça climática e justiça de género.

“Criaremos um centro de recursos e advocacia para apoiarmos a sociedade civil na formação de recursos humanos, gestão de projetos e de finanças, entre outros”, afirmou.

O responsável referiu, por fim, que serão envolvidas neste centro outras organizações não-governamentais em Timor-Leste para efetuarem pesquisas sobre os assuntos climáticos, de género e económicos e apresentarem recomendações ao Governo de modo a resolver os problemas nacionais, de acordo com as evidências obtidas.

Jornalista: Antónia Gusmão/Tradutora: Jesuína Xavier

Editora: Júlia Chatarina

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here