Monsehor Marco Sprizzi.

DÍLI, 16 agosto de 2021 (TATOLI) – O Núncio Apostólico do Vaticano em Timor-Leste, o Monsenhor Marco Sprizzi, disse que, se a toda a população timorense estiver inoculada, o Papa Francisco realizará a sua visita a Timor-Leste.

“É uma alegria para mim trazer a todos vós a presença e bênção do Santo Padre Francisco. Como seu representante em Timor-Leste, trago um carinho especial, a oração diária que o Papa Francisco tem para Timor-Leste”, disse o representante do Vaticano em Timor-Leste, na igreja de Maria Auxiliadora, em Comoro, Díli.

“Ele quer visitar Timor-Leste e confirmou-o a mim, ao povo, à igreja, bispos e autoridades públicas. A sua atenção é firme, bem como a sua vontade de vir cá em breve. No entanto, tendo em conta a pandemia, esta visita só será possível se todos estiverem vacinados – esta é a condição para a realização da visita do Papa Francisco ao Estado timorense. Esperamos que ele venha no próximo ano, para estar convosco e expressar o carinho da igreja por este povo, terra e nação”, avançou.

Recorde-se que o Papa Francisco decidiu adiar a sua visita a Timor-Leste, prevista para setembro de 2020, devido à propagação do novo coronavírus, uma vez que a viagem depende da evolução da pandemia global.

A visita do Papa a Timor-Leste fazia parte de um programa de deslocações à Ásia e incluía países como a Indonésia e Papua Nova Guiné.

Segundo os dados do Ministério da Saúde, a nível nacional, 45,1% da população com mais de 18 anos já recebeu a primeira dose da vacina e 16,9% tem a vacinação completa.

Cerca de 70,7% dos residentes em Díli já receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19, e 49,1% têm a vacinação completa.

Notícia relevante: Visita do Papa Francisco a Timor-Leste dependerá da situação da covid-19

Jornalista: Domingos Piedade Freitas

Editora: Maria Auxiliadora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here