Reunião do Conselho de Ministros. Imagem Tatoli/António Gonçalves.

DÍLI, 25 de agosto de 2021 (TATOLI) – O Governo mantém as cercas sanitárias nos municípios de Díli e Ermera, bem como na Região Administrativa Especial Oé-Cusse Ambeno (RAEOA) e impõe ainda nos municípios de Covalima e de Baucau.

O Ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Fidélis Leite Magalhães, disse hoje que mantém a imposição de cercas sanitárias nos municípios de Díli e Ermera até às 23h59 de 13 de setembro e nos municípios de Covalima e Baucau a partir das 00h00 do dia 26 de agosto de 2021 até às 23h59 de 08 de setembro.

“Mantemos ainda a imposição de cercas sanitárias nas áreas abrangidas pelo suco Naimeco, no posto administrativo de Pante Macassar, e pelo suco Bobometo, no posto administrativo de Oesilo, na Região Administrativa Especial de Oé-Cusse Ambeno até às 23h59 do dia 08 de setembro”, referiu.

Segundo o ministro, “o Executivo impõe a proibição de circulação de pessoas entre as referidas áreas e municípios e as demais circunscrições administrativas, salvo em casos devidamente fundamentados por razões de segurança e saúde pública, assistência humanitária, manutenção dos sistemas de abastecimento público ou de realização do interesse público”.

“Não estão abrangidos por esta interdição de circulação os indivíduos que comprovem a vacinação completa contra a covid-19, bem como os menores de seis anos que os acompanhem”, referiu.

Fidélis Magalhães adiantou que o Governo aprovou ainda o projeto de resolução que mantém o confinamento domiciliário geral da população dos postos administrativos de Ermera e Railaco, do município de Ermera, até às 23h59 do dia 01 de setembro.

Notícia relevante: Governo mantém cerca sanitária na capital, Ermera e dois sucos na RAEOA

Jornalista: Domingos Piedade Freitas

Editora: Maria Auxiliadora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here