Ministro do Ensino Superior, Ciência e Cultura (MESCC), Longuinhos dos Santos. magem Tatoli/Egas Cristovão.

DÍLI, 09 de setembro de 2021 (TATOLI) – O Ministro do Ensino Superior, Ciência e Cultura (MESCC), Longuinhos dos Santos, destacou a necessidade das recomendações do Ministério da Saúde (MS) para recomeçar as aulas presenciais em todas as universidades públicas e privadas.

Segundo Longuinhos dos Santos, o ministério já enviou uma carta ao MS para pedir estas recomendações antes de reativar as aulas presenciais.

“O Governo decidiu ontem levantar o confinamento obrigatório. O recomeço das atividades presenciais do ensino superior público e privado dependerá das recomendações do Ministério da Saúde”, disse o governante, à margem da reunião extraordinária do Executivo, no Palácio do Governo, em Díli.

Recorde-se que o MESCC decidiu, no passado dia 25 de agosto, suspender as aulas presenciais de todas as universidades públicas e privadas após a implementação do confinamento obrigatório durante duas semanas.

O confinamento obrigatório geral da população do Município de Díli será levantado a partir do dia 9 de setembro, embora se mantenha a imposição de cerca sanitária nos municípios de Baucau, Covalima, Díli, Ermera e Manufahi.

Notícia relevante: MESCC decide suspender aulas presenciais do ensino superior

Jornalista: Isaura Lemos de Deus

Editora: Maria Auxiliadora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here