A bandeira da Austrália e Timor-Leste.

DÍLI, 16 de setembro de 2021 (TATOLI) – O Diretor Nacional do Emprego Exterior da Secretaria de Estado da Formação Profissional e Emprego (SEFOPE), Filomeno Soares, disse que o Governo da Austrália rejeitou a entrada dos trabalhadores timorenses do programa sazonal (SWP, em inglês) que tomaram a vacina da Sinovac.

“O Governo timorense disponibiliza para os candidatos a trabalhadores sazonais duas vacinas contra a covid-19 – Sinovac e AstraZeneca. No entanto, o Executivo australiano não aceita a entrada dos que foram vacinados com a Sinovac. Depois de recebermos o anúncio, verificámos que a maioria destes tomou a da China”, afirmou Filomeno Soares à Tatoli, em Becora.

O dirigente disse ainda que a informação chegou após o período da inoculação. Garantiu, contudo, que a SEFOPE vai registar todos os nomes dos jovens para que sejam mantidos na lista dos trabalhadores do programa sazonal australiano.

Questionado sobre os candidatos que tomaram já a vacina da Sinovac, Filomeno Soares assegurou que a SEFOPE se vai coordenar com o Ministério da Saúde para resolver a questão.

“Vamos coordenar-nos com o Ministério da Saúde para vermos se estes podem tomar a da AstraZeneca. Não os podemos obrigar a vacinarem-se com a AstraZeneca, porque não queremos correr riscos”, frisou.

Segundo a página do Governo australiano, a Therapeutic Goods Administration (TGA) aprovou já três vacinas no país – a da Pfizer, AstraZeneca e Moderna.

Jornalista: Afonso do Rosário

Editor: Zezito Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here