DÍLI, 29 de setembro de 2021 (TATOLI) – O Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas de Timor-Leste (F-FDTL), o Tenente-General Lere Anan Timur, mostrou-se preocupado com as condições das infraestruturas das forças armadas.

Lere Anan Timur falava esta quarta-feira, à margem de um encontro semanal com o Presidente da República, Francisco Guterres “Lu Olo”, no Palácio Presidencial, no Bairro Pité, em Díli.

“Informei o Presidente da República sobre as condições das infraestruturas e dos veículos das forças armadas. Os componentes navais precisam de navios patrulha para cumprirem as suas missões de segurança das fronteiras marítimas”, disse o Tenente-General Lere Anan Timur, em declarações aos jornalistas.

O Tenente-General Lere Anan Timur pediu também ao Ministério da Defesa que acelerasse a construção das infraestruturas e instalações do Porto de Hera para o componente naval.

“Apesar de já termos verbas, até à data ainda não construímos o cais necessário para o componente naval, porque em meados de 2023, chegarão dois navios patrulha concedidos pelo Governo da Austrália”, recordou.

Recorde-se que o Ministro Filomeno da Paixão e o Embaixador da Austrália em Timor-Leste, Peter Roberts, celebraram já o acordo para a construção das infraestruturas e instalações do Porto de Hera.

Através do acordo, a Austrália pretende ajudar o país na construção do porto até à sua finalização. Este projeto inclui a entrega, em 2023, de dois navios patrulha (GSB) concedidos pela Austrália a Timor-Leste.

Jornalista: Afonso do Rosário

Editor: Zezito Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here