Veterano Ernesto da Costa ‘Dudu’. Imagem Tatoli/Francisco Sony.

DÍLI, 28 de novembro de 2021 (TATOLI) – O veterano Ernesto da Costa ‘Dudu’, um dos 52 combatentes da libertação nacional que recebeu hoje Ordem de Timor-Leste, considera que “esta condecoração tem mais valor para os filhos e netos”.

O veterano agradeceu ao Estado a condecoração dos 52 cidadãos que lutaram pela libertação de Timor-Leste.

“Fiquei satisfeito com a esta condecoração. Agradeço, por isso, ao Estado o reconhecimento da nossa luta pela libertação de Timor-Leste. Esta medalha é para a minha família”, disse o veterano após a comemoração do 46.º aniversário da Proclamação da Independência de Timor-Leste, sob o tema “A União e a Luta Conjunta para Vitória de Todos”, na aldeia de Daresula, Suco de Gariuai, no Município de Baucau.

Segundo o comunicado, o Presidente da República condecorou 52 cidadãos timorenses com base no decreto-lei n.º 102/2021.

A condecoração atribuída – a Ordem de Timor-Leste – visa, por ocasião da celebração anual da proclamação da independência, reconhecer e valorizar cidadãos que contribuíram e lutaram pelo país.

A Ordem de Timor-Leste é o maior reconhecimento do Estado a cidadãos estrangeiros e nacionais que contribuíram para o bem nacional ou da humanidade.

Foram condecorados 39 combatentes da libertação nacional com a Ordem de Timor-Leste e 13 heróis que perderam a vida antes da restauração da independência.

Notícia relevante: 46.º aniversário da Proclamação da Independência: Lú Olo agradece contribuição da CPLP e organizações de solidariedade

Jornalista: Domingos Piedade Freitas

Editora: Maria Auxiliadora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here