Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação (MNEC), Adaljiza Magno. Imagem/Egas Cristovão.

DÍLI, 19 de janeiro de 2022 (TATOLI) – A Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação (MNEC), Adaljiza Magno, revelou que a contribuição anual de Timor-Leste para o orçamento da organização intergovernamental dos países afetados por conflitos (g7+) é de um milhão de dólares americanos.

“O Governo firmou um acordo com o g7+ que determina que anualmente contribuimos financeiramente com um milhão de dólares americanos. No entanto, para este ano, o valor do orçamento vai depender da decisão do Conselho de Ministros”, disse Adaljiza Magno à Tatoli, no Palácio do Governo.

O g7+, com sede europeia em Lisboa, Portugal, é uma organização internacional e intergovernamental que visa promover a entreajuda de alguns dos países mais vulneráveis do mundo.

O g7+, fundado em 2010 por sete nações, é atualmente composto por 20 países de África, Ásia-Pacífico, Caraíbas e do Médio Oriente, a saber – Afeganistão, Burundi, Chade, Comores, Costa do Marfim, Guiné, Guiné-Bissau, Haiti, Iémen, Ilhas Salomão, Libéria, Papua Nova Guiné, República Centro-Africana, República Democrática do Congo, São Tomé e Príncipe, Serra Leoa, Somália, Sudão do Sul, Timor-Leste e Togo.

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Maria Auxiliadora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here