USAID e FONGTIL lançam Rede para a Saúde em Timor-Leste. Imagem Tatoli/António Daciparu.

DÍLI, 05 de maio de 2022 (TATOLI) – A Agência Norte-Americana para o Desenvolvimento Internacional (USAID, em inglês) e o Fórum Organização Não-Governamental Timor-Leste (FONGTIL) lançam Rede para Saúde em Timor-Leste (REBAS-TL).

A REBAS-TL conta com o apoio de 44 Organizações Não Governamentais e visa sensibilizar a população sobre a saúde pública.

“A REBAS-TL vai apresentar as dificuldades que a população enfrenta nos centros de saúde e hospitais para que o Governo possa melhorar o atendimento”, afirmou a Diretora Interina do FONGTIL, Elisabete Lino de Araújo, aos jornalistas, no Timor Plaza.

A responsável reconheceu que o Governo precisa de melhorar as infraestruturas, os equipamentos e o acesso a medicação.

Elisabete Lino de Araújo sugeriu ao Governo que convide a REBAS-TL para a preparação e discussão do Orçamento Geral do Estado do setor da saúde, antes de ser apresentado e discutido no Parlamento Nacional.

O Vice-Ministro da Saúde, Bonifácio Maucoli dos Reis, disse por sua vez que a REBAS-TL vai cooperar com o Governo para atingir a meta dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável de 2011 a 2030.

“A organização pode ajudar o Ministério da Saúde a informar a população das áreas remotas sobre cuidados primários. Assim, a população pode ter atendimento de saúde adequado”, afirmou o Vice-Ministro aos jornalistas, no Timor Plaza.

Já o Encarregado de Negócios da Embaixada dos Estados Unidos da América (EUA) em Timor-Leste, Tom Daley, congratulou as sociedades civis por criarem a REBAS-TL.

“Sentimo-nos orgulhosos por apoiar as ONG para efetuar advocacia sobre a prestação do serviço da saúde para que haja um atendimento melhor em Timor-Leste”, afirmou no seu discurso.

O encarregado garantiu que os EUA estão a apoiar o setor saúde com vista ao bem-estar do povo.

Jornalistas: Jesuína Xavier

Editora: Maria Auxiliadora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here