Doentes de dengue na sala de urgência do HNGV. Documentação da Tatoli

DÍLI, 06 de maio de 2022 (TATOLI) – As autoridades de saúde registaram um óbito e 13 novos casos, segundo os dados do Ministério da Saúde.

Timor-Leste reportou desde janeiro deste ano 4.640 infeções e 53 vítimas mortais.

O documento refere que se registam 4.640 infeções: 3.193 em Díli; 296 em Baucau; 174 em Manufahi;173 em Manatuto;155 em Lautém, 146 em Covalima, 118 em Ermera; 116 em Liquiçá; 87 em Aileu; 75 em Viqueque; 56 em Bobonaro e outros tantos em Ainaro e seis na Região Administrativa Especial de Oé-Cusse e Ambeno (RAEOA).

A nota explica ainda que na capital se registam 30 óbitos: em Covalima sete, Ermera quatro e em Aileu, Ainaro, Bobonaro e Viqueque registam-se dois em cada um dos municípios. Relativamente a Manatuto, Manufahi, Baucau e Oé-Cusse regista-se um óbito em cada um deles.

A maioria das infeções em Díli surgiu no posto administrativo de Dom Aleixo, registando, neste mês, 1.898 casos, seguindo-se o Cristo Rei com 493 ocorrências, Na’in-Feto com 396, Vera Cruz com 339, Metinaro com 51 e Ataúro com 16.

O Ministério da Saúde pediu a toda a população que caso tenham sintomas leves como febre, tosse e náuseas, se desloquem à unidade de saúde mais próxima para receber cuidados médicos.

Recorde-se que o Ministério da Saúde registou, em 2020, dez óbitos e 1.451 casos de dengue e no ano passado registaram-se 11 mortos e 901 casos.

Notícia relevante: Dengue: Registam 28 novos casos em Díli

Jornalista: Isaura Lemos de Deus

Editora: Maria Auxiliadora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here