O Presidente da República timorense, José Ramos Horta, conversou com o Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa e o Embaixador da União Europeia, Andrew Jacobs, no Palácio Presidencial. Imagem da Tatoli/ António Daciparu

DÍLI, 20 de maio de 2022 (TATOLI)-O Presidente timorense, Ramos Horta, elogiou o apoio internacional para a independência do país, construção do Estado e desenvolvimento nacional.

O Chefe de Estado considera que as relações diplomáticas de Timor-Leste devem ser dinâmicas para se adaptarem à situação política mundial, sendo necessária cooperação bilateral e multilateral.

“Em nome de todos os timorenses, agradeço, mais uma vez, a todas as nações do mundo que, numa altura determinante na história do nosso país, manifestaram o seu generoso apoio na luta pela independência de Timor-Leste”, disse o Presidente, no Palácio Presidencial, em Díli.

Ramos Horta agradeceu também a ajuda das Nações Unidas e destacou a importância da cooperação com os países vizinhos, como a Indonésia, Austrália e Nova Zelândia, na construção da paz, segurança e desenvolvimento regional.

O Presidente da República expressou, por fim, “o sincero reconhecimento, em nome do povo timorense, pela inestimável solidariedade da CPLP”.

Ramos Horta entregou, no final da cerimónia, uma cópia da resolução do Parlamento Nacional sobre a paz mundial e fraternidade humana ao Secretário-Geral do Comité Superior da Fraternidade Humana, Mohamed Abdel-Salam, e ao Núncio Apostólico do Vaticano em Timor-Leste, Monsenhor Marco Sprizzi.

Jornalista     : Afonso do Rosário

Editora          : Isaura Lemos de Deus

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here